segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

A importância da cinta lombar como EPI.

 



   O primeiro passo está em escolher um produto de qualidade, se inadequada a cinta pode ter impactos negativos na coluna ao invés de ajudar a preservá-la. Este é um equipamento destinado a diminuir o risco ergonômico para profissionais que carregam peso no desempenho de suas atividades.

  Esse equipamento deve ser utilizado somente quando o colaborador estiver trabalhando, o cinto deve ser ajustado de acordo com as orientações do fabricante que obrigatoriamente constam na embalagem das mesmas. Ademais, o mesmo deve ser usado sobre as vestimentas, não sob e, usando-o ou não, o trabalhador deve adotar todas as boas práticas ao carregar cargas.

  Vale lembrar também que o treinamento para o transporte manual de carga é obrigatório para todos os trabalhadores que atuam nesse ramo.

  É dispensada do Certificado de Aprovação (CA) que era emitido pelo agora extinto Ministério do Trabalho.

   Dentre os efeitos biomecânicos do uso da cinta ergonômica estão:

  • Deixar o tronco mais rígido, reduzindo a demanda dos músculos da região;
  • Limita a mobilidade do tronco, obrigando o trabalhador a realizar o movimento correto para içar as cargas. 



             Gostou de saber um pouco mais sobre a cinta lombar ergonômica? 


                                                   Siga nossas redes sociais !


                    Facebook     Linkedin    @epi_mazola








terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Só os melhores conseguem o mercado internacional.

 




         Em meio às transformações ocorridas no cenário empresarial atual, onde se observa uma mudança nos consumidores , é um orgulho imenso esse destaque no mercado internacional. É por isso que prezamos pela qualidade de nossos produtos.     
                                                     
                                                        Orgulho do nosso trabalho!


 
                                                       
                                                        Siga nossas redes sociais !


                           Facebook     Linkedin    @epi_mazola


segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

MALETAS DE FERRAMENTAS EM COURO - MAZOLA

 


   Ferramentas são pesadas e geralmente quando é preciso fazer um reparo, muitas são necessárias para uso e manuseio. O ideal é sempre ter um lugar para carregar e também para guardar e mantê-las conservadas.

  Maleta de Couro para ferramentas, é essencial para você que usa muito suas ferramentas e precisa levá-las onde for ou que não usa tanto, mas precisa mantê-las bem guardadas até que surja a necessidade. É bonita, prática, feita em couro e com a qualidade e durabilidade sem igual. 

  São produzidas em couro vaqueta, curtido naturalmente ao tanino, espessura 3 a 4 mm, sem divisórias , com alça  resistente e fechamento reforçado em 2 pontos , costurados e com rebites, 4 pés de plástico rígido disponível nos tamanhos de números 1 a 5. 


E aí? O que achou do tema? Deixe seu comentário com sugestões ou dúvidas sobre o assunto.




                                                            Siga nossas redes sociais !


                                 Facebook     Linkedin    @epi_mazola

 


 



 

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

5 dicas de gestão que todo profissional da segurança do trabalho deveria saber.

 

O Brasil é o quarto país com maior número de acidentes do mundo. Entre 2014 e 2019 foram registrados 1,8 milhão de afastamentos e 6,2 mil óbitos.

Esses números chamam bastante atenção, afinal, a legislação de segurança do trabalho brasileira é uma das mais avançadas do mundo.

Outro ponto que só aumenta esse contraste é o fato de termos um mercado bastante aquecido e que está sempre se renovando, criando soluções de segurança cada vez mais modernas e seguras.

E é justamente nesse cenário que este texto é importante para você, profissional de segurança do trabalho. Hoje traremos uma série de dicas para que você esteja atualizado.

 

DICAS PARA MELHORAR A PRÁTICA DO PROFISSIONAL DE SEGURANÇA DO TRABALHO

Sem mais mistério, vamos às 5 dicas de gestão que todo profissional de segurança do trabalho deve implementar em sua prática:

#1 ESTEJA SEMPRE ESTUDANDO

Sejam as leis ou as boas práticas em segurança do trabalho, há novidade o tempo todo. Esse é um dos motivos pelos quais você tem que estar lendo com frequência.

Aproveitamos a oportunidade para te convidar a acompanhar nosso blog, estamos sempre atualizados com as novidades e procuramos trazer uma leitura simples e rica.

Em qualquer área tão mutável quanto a nossa, é importante reservar um tempinho semanalmente para acompanhar as novas publicações.

Diversos produtores especializados em segurança do trabalho processam os dados mais técnicos e lançam textos de blog – como este – e vídeos discutindo os impactos dessas novidades no mercado e no dia a dia dos trabalhadores.

Claro, é importantíssimo ir até o texto base da atualização de uma Norma Regulamentadora (NR), por exemplo, e tirar as próprias conclusões.

Mas independente das suas fontes, saiba que todo bom profissional está sempre procurando se atualizar e reciclar os seus conhecimentos.

Afinal, você acredita que as técnicas de segurança são as mesmas da época da revolução industrial?

#2 DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL: SE DESTAQUE

Essa conversa de atualização nos leva ao segundo ponto: procure se especializar no campo de atuação que você está inserido atualmente ou que mais se identifica.

Essa atitude mostra que você é alguém com capacidade de acompanhar as novas tendências em segurança do trabalho e estar à frente de mudanças mais drásticas.

Isso te dá um enorme destaque profissional, afinal, existem diversos trabalhadores que estão presos em sua zona de conforto. Tenha certeza de que você não é mais um deles.

Além disso, especialistas podem cobrar mais pelo próprio serviço, em outras palavras, investir na própria educação é uma excelente forma de conquistar um futuro de sucesso – e não só na área de segurança.

O desenvolvimento profissional e estar sempre se atualizando são as características combo dos profissionais do futuro.

#3 CULTURA DE FATOS E DADOS

Uma tendência que está chegando em todas as áreas do mercado de trabalho é a cultura de fatos e dados. Mas o que isso quer dizer?

Uma empresa moderna está preocupada em gerar dados e indicadores sobre absolutamente tudo o que acontece dentro da companhia. Afinal, esta é a melhor forma de gerir.

Com a segurança do trabalho não poderia ser diferente. Quando pensamos em dados desta área, estamos falando sobre número de causa de acidentes, quais são os EPIs necessários, o valor desses equipamentos, o tempo médio de uso até precisar ser substituído, etc.

São diversos dados que podem ser levantados da prática diária e que servem de base para tomada de decisão.

Por exemplo, um técnico em segurança do trabalho pode usar alguns dos dados que comentamos acima para melhorar o nível de proteção dos trabalhadores gastando menos.

Esse é o tipo de atitude que ganha relevância, já que une o útil (maior nível de proteção) ao agradável (EPIs mais baratos).

#4 SEJA A MUDANÇA

Essa talvez seja a dica mais difícil deste texto. Lembra que dissemos que existem diversos trabalhadores em sua zona de conforto? Esses serão os mais complexos de lidar neste momento.

A segurança do trabalho está em constante mudança, mas para que estas sejam efetivas, os profissionais devem mudar junto.

Nesse momento, aqueles que estão sempre se atualizando são responsáveis por trazer a empresa as inovações que surgirem.

Contudo, ser esse agente transformador não será uma tarefa fácil. É necessário provar a efetividade das novas práticas e combater aqueles que resistirão a implementação dessas.

Prepare-se para horas de estudo, mas que certamente valerão a pena já que as novas práticas costumam trazer resultados visíveis que te ajudarão a se destacar.

#5 SEJA O EXEMPLO

Com o tempo dividindo o mesmo ambiente de trabalho, é comum que as pessoas virem amigas e um pouco do profissionalismo dê espaço para uma “camaradagem”.

Apesar desse processo natural e saudável, é importante salientar que “camaradagem” não é o mesmo que ser permissivo.

Sendo assim, as condutas de segurança não devem ser dobradas ou ignoradas, não importa a posição na hierarquia na qual este indivíduo se encontra.

Outro ponto é que, com o tempo, os próprios profissionais que deveriam estar garantindo a segurança do espaço acabam relaxando. Esse é um problema ainda maior, uma vez que o profissional sequer é exemplo do que defende.

Sendo assim, ser uma boa referência é chave para cultivar a cultura da segurança de forma efetiva.

          PRONTO PARA APLICAR ESSAS DICAS?

                                              Siga nossas redes sociais !


                                 Facebook     Linkedin    @epi_mazola

 Até a próxima.

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

BAINHAS PARA FACÃO - MELHOR OPÇÃO PARA SUA FACA.




            A beleza das facas vem de longe e sua história é paralela a da raça humana , pois não há como imaginar a sobrevivência do homem sem o uso deste artefato. 
                                                                               
         Se você quer saber mais sobre a bainha de couro para faca, continue a leitura e vamos te falar mais sobre o assunto!    

O que é bainha da faca?

     É um tipo de capa que protege o artefato e que aumenta a vida útil da lâmina.

    Apesar de já ter sido fabricada em vários materiais, inclusive madeira e metais, o couro legítimo é o que mais valoriza este artefato. 

Por que o couro é importante para a produção da bainha?

    A bainha de couro legítimo é linda, elegante, resistente e perfeita para proteger a afiada lâmina de uma faca.

    O couro possibilita que a bainha seja personalizada com as várias tonalidades e entalhes que identificam um nome ou uma marca também. 

    As costuras, feitas a mão, deixam a peça ainda mais requintada.

  A bainha de couro natural tem uma função indispensável: ela evita que o fio seja danificado e, o mais importante, que você e outras pessoas se cortem ao tocar na lâmina desprotegida. 

E aí? O que achou do tema? Deixe seu comentário com sugestões ou dúvidas sobre o assunto.



                                                       Siga nossas redes sociais !


                                 Facebook     Linkedin    @epi_mazola



terça-feira, 17 de novembro de 2020

Você conhece o BONÉ COM CASQUETE ? E qual a sua utilidade ?

 


    Este equipamento é muito usado nos dias hoje , conhecido como boné com casquete ou boné com casco de segurança interno. Ele é composto por um boné feito em tecido brim e no seu interior com casco rígido para absorção e distribuição de impactos leves, exclusivamente quando o golpe da cabeça vai de encontro ao objeto.
    Seu uso se faz importante 
em áreas de circulação de autos, máquinas, equipamentos e também acesso a espaços restritos em diferenças de níveis como partes internas de máquinas, sob esteiras rolante, locais onde existam objetos ou equipamentos suspensos, estruturas de máquinas, escadas onde há possibilidade de impactos leves na cabeça e principalmente onde o capacete de segurança não é de uso obrigatório. Ele possui aba para proteção ao sol e oferece melhor visualização para o usuário/operador.    
      
  Vamos aos locais que mais utilizam este equipamento:
  • Recomendado para companhias aéreas;
  • Uniformização
  • Indicadores de setores/atividades
  • Empresas automotivas (montadora e autopeças);
  • Metal/mecânicas;
  • Agro alimentício;
  • Usinas;
  • Indústria de bebidas;
  • Eletroeletrônica;
  • Linha branca;
  • Auto centers;
  • Concessionárias automotivas;
  • Oficinas de reparos mecânicos de autos em geral;
  • Prestação de serviços de manutenção;
  • Limpeza industrial.


     
Então, agora que você já atualizou seus conhecimentos sobre o que é este equipamento e qual sua importância para a saúde, compartilhe este post com seus contatos nas redes sociais!




                                                 
Siga nossas redes sociais !


                                 Facebook     Linkedin   @epi_mazola









terça-feira, 27 de outubro de 2020

A ergonomia no trabalho.

 


       A competitividade das empresas no mercado está diretamente associada a produtividade delas. Entregar mais resultados, em menos tempo e com custo inferior, é o grande desafio de todas as organizações.

       Portanto, a presença de cuidados com a ergonomia dos funcionários ganha destaque como um forte diferencial competitivo. Veja alguns motivos:

  • redução os índices de acidentes;
  • diminuição dos gastos com saúde;
  • aumento da produtividade;
  • melhoria na qualidade do trabalho;
  • diminuição do absenteísmo.

       Por isso, empresas de todos os portes têm dado cada vez mais atenção a esse assunto, fator que tem influenciado, inclusive, o aquecimento do mercado de produtos ergonômicos. 

        No dia a dia de uma empresa, independentemente do ramo de atuação dela, todos estão sujeitos a riscos de ordem física, que podem ser eliminados pela ergonomia, por exemplo:Escritório: corrige a postura do trabalhador, oferecendo melhor conforto em horas de trabalho sentado. Fábrica: Cargas que precisam ser levantadas e transportadas manualmente com o uso adequado da cinta lombar , protege a coluna e o grupo muscular da região dos fortes impactos que podem causar lesões leves ou graves na coluna do trabalhador. 


      Então, agora que você já atualizou seus conhecimentos sobre o que é ergonomia e qual sua importância para a saúde, compartilhe este post com seus contatos nas redes sociais!



                                                 
Siga nossas redes sociais !


                                 Facebook     Linkedin   @epi_mazola


A importância da cinta lombar como EPI.

      O primeiro passo está em escolher um produto de qualidade, se inadequada a cinta pode ter impactos negativos na coluna ao invés de aj...